Secretário de Mobilidade Urbana faz apelo para que a população mantenha isolamento social

Compartilhe Agora com seus amigos!

Considerando que autoridades e especialistas da área de saúde estão prevendo que o pico da disseminação do novo coronavírus ocorra entre o período de 10 de abril e 10 de maio de 2020, o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo fez apelo para população para que evite usar o transporte público, que é apontado como um grande propagador da infecção.

A Semob em atendimento ao Decreto 7.868/2020, do dia 4 de abril, implementou plano de ação do transporte público para cumprimento das medidas que enfocam o isolamento social, principal estratégia para evitar a propagação e disseminação do novo Coronavírus.

De acordo com o secretário titular da pasta, Antenor Figueiredo, a recomendação de diminuição de circulação de pessoas é uma medida extrema, porém essencial para a proteção social.

“Você que é usuário do transporte coletivo somente estaremos atendendo os servidores da Saúde pública e privada de Cuiabá e os servidores que fazem parte do serviço essências. Por isso, se você não faz parte de nenhum desses grupos por favor fique em casa. Dessa forma, conseguiremos minimizar a proliferação do contágio’, explicou o secretário.

Os ônibus circularão em apenas 30% do total da frota, sendo que 10% exclusivamente para os profissionais da rede de saúde pública e privada. Já outros 20% só para usuários de atividades essenciais. Além disso, as empresas de ônibus deverão disponibilizar álcool em gel, higienização a cada ponto final e lotação máxima de 50% da capacidade. O decreto possui vigência até 10 de maio.

Inicialmente foram  criadas cinco linhas, que atenderão todas as regiões (norte, sul, leste e oeste), que poderão ser dimensionadas, expandidas ou racionalizadas, de acordo com a oferta e demanda. 

Pelo plano elaborado, os  veículos dos servidores da saúde exclusivos sairão de diferentes regiões da cidade (pedra 90, Tijucal, Terminal do CPA via Av. Rubens de Mendonça, Terminal do CPA via Av. Dante de Oliveira, Parque Cuiabá) com itinerários exclusivos em direção a praça Maria Taquara, local  será realizado o transbordo para as regiões de destino.

Os demais veículos para o atendimento dos serviços essenciais, serão compostos pelas linhas regulares, com horários e intervalos intermitentes, respeitando o limite de 20% da frota, conforme estabelece o decreto. Necessário esclarecer que os demais trabalhadores, atuantes nas áreas  essenciais, também deverão apresentar funcional, carteira de trabalho ou qualquer outro documento que comprove o vínculo empregatício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *